22 de março de 2015

25 FILMES QUE VALEM A PENA VER DE NOVO


E seguindo um dos temas de blogagem do mês de Março
do grupo Blogs que interagem
escolho o 1º  tema para comentar...

Sempre amei assistir filmes, especialmente nos gêneros clássicos antigos
ou que seja baseado em fatos reais, drama, romance, história.
Estarei comentando sobre aqueles que mais me marcaram até agora...




Anna e o rei (1999) ... sem nem mesmo ter um único beijo, é um dos filmes mais bonitos e românticos que já vi. Jodie Foster interpreta uma professora inglesa que vai para o Sião educar os 58 filhos do rei Mongkut (Chow Yun-Fat). Divergências, choque de culturas, mal-entendidos e até o início de um romance marcam o relacionamento entre Anna e Mongkut.  

Anna Karenina (1997) ... baseado no romance de Leo Tolstoy, conta a história de Alexei Vronski, e de Anna Karenina, sendo ambientado na Rússia, no fim do século XIX. Anna Karenina (Sophie Marceau) é uma jovem e elegante  casada com Alexei Karenin (James Fox), um homem rico e 20 anos mais velho. Ela não se sente feliz na relação. Uma noite, durante um baile, Anna conhece o Conde Alexei Vronsky (Sean Bean), que logo se encanta por ela. De ínicio ela recusa suas investidas, mas não consegue resisti cede a esse sentimento. Ambos sofrerão as consequências. Existe mais 2 versões desse mesmo filme.

A espiã (2006) ... Gosto muito desse filme, pelo contexto da 2ª guerra mundial e pela química entre os atores. Rachel Stein (Carice van Houten) é uma cantora judia. Quando o local em que está escondida é destruído por um bombardeio, ela e um grupo de judeus decidem seguir para o sul da Holanda, que já está livre da ocupação nazista. O barco deles é interceptado por uma patrulha alemã, que mata todos a bordo com exceção de Rachel. A partir de então ela se une à resistência, adotando o nome de Ellis de Vries. Notando o interesse de um oficial alemão, ela se aproxima dele e consegue um trabalho. Enquanto isso a resistência elabora um plano para libertar um grupo de prisioneiros, onde a participação de Ellis será fundamental.


A menina que roubava livros (2013) ... Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger (Sophie Nélisse) sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa. Inspirado no livro de Markus Zusak.

 
Caleidoscópio (1990) ... três irmãs são separadas na infância depois do trágica morte de seus pais. Os anos de passam e novamente o destino as aproxima para descobrirem toda a verdade de seu passado. Interpretada pela atriz Jaclyn Smith, desde esse filme comecei a ver todos seus filmes e virei fã. Inspirado no livro da consagrada escritora americana, Danielle Steel.


Charlotte Gray (2001) ... gosto muito de assistir filmes com Cate Blanchett e esse é meu favorito. Em 1942, em plena 2ª Guerra Mundial, Londres está bloqueada e diversas bombas são lançadas sobre a cidade durante a noite. Disposta a ajudar no que lhe for possível, Charlotte Gray (Cate Blanchett) decide por deixar a Escócia e partir rumo a Londres. Ao chegar ela logo conhece Peter Gregory (Rupert Penry-Jones), um piloto da força aérea britânica, por quem se apaixona. Mas o namoro dos dois é bruscamente interrompido quando Peter é convocado para uma missão aérea na França, onde seu avião é abatido e ele fica desaparecido. Acreditando que Peter ainda esteja vivo e escondido pela Resistência Francesa, Charlotte decide partir rumo a França. Como fala francês fluentemente, ela consegue ser recrutada como uma agente secreta e é enviada justamente para ajudar a Resistência Francesa.

Em algum lugar do passado (1980) ... belíssimo filme interpretado por Jane Seymour e Christopher Reeves. Ele um autor de peças teatrais, ela uma atriz. Tudo tem início quando uma senhora entrega para ele um relógio e pede que ele volte para ela. Em viagem por um hotel ele vê a foto de uma bela mulher do ano de 1912 e se apaixona perdidamente. Em suas pesquisas sobre a vida dela, descobre que se tratava da senhora que lhe dera o relógio. Descobre que Elise morrera naquela mesma noite, além disso, ela possuía uma réplica do hotel em que estava sua foto, com a melodia de Rachmaninoff, além de livros sobre viagens no tempo. Tais revelações o inserem num clima de mistério e determinação para encontrá-la.


Em luta pelo amor (1998) ... interpretado pelos atores Catherine McCormack e Rufus Sewell. Assisti pelo menos uma 4v e assistirei mais. Ambientado em Veneza no século XVI durante a Inquisição, Verônica se apaixona por Marco Venier, um homem de posição social elevada. Mas ela não tem um dote que garanta um casamento, a única forma de ajudar sua família é se tornando uma cortesã, somente assim ela se torna uma mulher influente com opção a estudar e até se envolver nas decisões políticas.

 E o vento levou (1939) ... foi um dos primeiros filmes que me lembro ter visto ainda quando era pequena e já perdi as contas de quantas vezes voltei a ver. Amo o casal Scarlett O'hara e Rhett Butler. Scarlett é uma garota linda e mimada, acostumada a ter tudo, conhece Rhett um homem maduro e que se apaixona logo a primeira vista, ele fará de tudo para conquistar seu amor, ambientado durante a guerra de Secessão nos Estados Unidos.

Flashdance (1983) ... Uma jovem de garra e talento não mede esforços para realizar o sonho de se tornar uma bailarina. Para isso, durante o dia, ela trabalha como operária e à noite trabalha como dançarina numa boate. No decorrer do filme, ela se envolve com seu chefe, Nick, e prepara-se para se candidatar a uma escola de dança de prestígio. Interpretada por Jennifer Beals.

Instinto selvagem (1992) ... Em São Francisco, o policial Nick Curran (Michael Douglas) fica fortemente atraído por Catherine Tramell (Sharon Stone), a principal suspeita de um assassinato. Apesar de ter consciência dos riscos que corre, Curran se expõe cada vez mais, mesmo quando novas mortes ocorrem.E o mais intrigante, não conseguimos descobrir se realmente Catherine foi a assassina ou não, o que você acha?

Nosso lar (2010) ... Ao despertar no Mundo Espiritual, André Luiz se depara com criaturas assustadoras e sombrias vivendo, juntamente com ele, neste lugar escuro e sombrio. Além disso, ele também se assusta por perceber que apesar de ter "morrido" ele ainda continua vivo e ainda sente fome, sede, frio e outras sensações materiais. Após um longo período de sofrimento ele é recolhido dessa zona de sofrimento e purgação de falhas do passado por espíritos do bem e é levado para a Colônia Espiritual Nosso Lar, de onde surge o nome do filme. A partir desse momento ele começa a conhecer melhor a vida no além-túmulo e a aprender lições e adquirir conhecimentos que mudarão completamente o seu modo de enxergar a vida. Tendo então tomado consciência de que está desencarnado (morto), sente imensa vontade de voltar à Terra para visitar e rever parentes próximos de quem guarda imensa saudade. Inspirado no livro de Chico Xavier.

O diário de Anne Frank (2009) ... existem várias versões de filmes baseada na história real de Anne Frank, ela foi uma jovem judia que sofreu os horrores da guerra junto a seus familiares, primeiro escondidos em um sótão de um estabelecimento comercial e depois em campo de concentração. Em um diário Anne, relata todas suas experiências de vida dos 13 ao 15 anos de idade. Vale muito a pena ver o filme e ler seu diário publicado em livro. Além de conhecermos mais sobre sua história aprendemos ainda mais como foi o período de guerra e o sofrimento causado ao povo judeu.


O feitiço de Áquila(1985) ... Europa, século XII. O Bispo de Áquila (John Wood) toma consciência que sua amada, a bela Isabeau (Michelle Pfeiffer), está apaixonada por Etienne Navarre (Rutger Hauer), um cavaleiro. Áquila fica possuído de raiva e ciúme e lança uma maldição sobre o casal: de dia ela sempre será um falcão e de noite Navarre toma a forma de um lobo, sendo que desta forma fica o casal impedido de se entregar um ao outro. Eles têm como único aliado Phillipe Gaston (Matthew Broderick), mais conhecido como Rato, que é o único prisioneiro que escapou das muralhas de Áquila.

Os Pássaros feridos (1983) ... Austrália, 1920. Mary Carson (Barbara Stanwyck) é a proprietária de Drogueda, um grande rancho. Na região o padre Ralph de Bricassart (Richard Chamberlain), que foi "exilado" após ter ofendido um bispo. Mary sente por ele uma forte atração, apesar da diferença de idade e de ele ser um padre. Ralph recebe na estação ferroviária Paddy e sua família e se encanta pela pequena Meggie. Mary vive seus últimos anos de vida com ostentação e poder. Rancorosa pelo amor não correspondido, ela ameaça Ralph, afirmando que um dia ele terá que escolher entre o amor por Meggie e suas ambições eclesiásticas. Ralph, atônito, não vê com qual poder Mary pode conduzir com tanta certeza a vida dele. Quando Mary morre e é revelado o testamento, ele entende como Mary, apesar de morta, ainda pode colocá-lo à prova.

O preço do amanhã (2011) ... é um filme muito interessante, faz uma análise da nossa realidade com um mundo fictício. Em um futuro próximo, o envelhecimento passou a ser controlado para evitar a superpopulação, tornando o tempo a principal moeda de troca para sobreviver e também obter luxos. Assim, os ricos vivem mais que os pobres, que precisam negociar sua existência, normalmente limitada aos 25 anos de vida. Quando Will Salas (Justin Timberlake) recebe uma misteriosa doação, passa a ser perseguido pelos guardiões do tempo por um crime que não cometeu, mas ele sequestra Sylvia (Amanda Seyfried), filha de um magnata, e do novo relacionamento entre vítima e algoz surge uma poderosa arma com o sistema e organização que comanda o futuro das pessoas.

O retorno de um estranho (1993) ... assisto todos os filmes com Richard Gere e Jodie Foster, e nesse filme eles formam um lindo casal. Ricahrd faz o papel de Jack Sommersby, um homem dado como morto na Guerra Civil Americana que reaparece em casa após seis anos. Antes rude e amargurado, Jack agora é gentil e dedicado. A drástica mudança intriga sua esposa, Laurel (Jodie Foster), e os vizinhos. Enquanto Laurel se apaixona cada dia mais pelo "novo" marido, os demais moradores da região, certos de que há algo errado nessa história, tentam desvendar o mistério. 
Olga (2004) ... na minha opinião Olga é um dos melhores filmes brasileiros que já vi. O filme conta a história real de Olga Benário (Camila Morgado) que é uma militante comunista desde jovem e perseguida pela polícia de Moscou. Ela é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) ao Brasil para liderar a Intentona Comunista de 1935, se apaixonando por ele. Com o fracasso da revolução, Olga e Prestes são presos. Grávida de 2 meses, é deportada pelo governo Vargas para a Alemanha nazista e tem sua filha Anita Leocádia na prisão feminina do Campo de Concentração de Barnimstraße. Afastada da filha, Olga é então enviada para o Campo de Concentração de Ravensbrück.

Paixão eterna (1987) ... uma história linda de amor entre um homem e uma mulher que se conhecem no céu. Logo no início do filme ele morre enquanto tenta ajudar uma pessoa que sofreu um acidente de carro, e vai para no céu,  lá ele é recebido por sua avó e um lindo anjo, uma moça que já está à espera da hora de nascer. De volta à terra, sob a condição de encontrar sua paixão antes de completar 30 anos.

Ritmo Quente (1987) ... Frances Houseman, conhecida como Baby, está passando férias com a família num resort. Um dia, ajudando Bob a carregar melancias, ela descobre onde os funcionários do hotel se divertem e dançam. Lá conhece Johnny Castle, o instrutor de dança,o dançarino do hotel, e acaba se apaixonando por ele. Quando Penny, a parceira de dança de Johnny, fica grávida ao se envolver com um dos garçons, Robbie que se envolve com a irmã de Baby, Lisa, ela pede a Baby que dance em seu lugar fazendo com que eles se aproximem cada vez mais. Já perdi a conta de quantas vezes assisti.

 Scarlett (1994) ... O filme começa exatamente aonde parou E o vento levou. É o dia do funeral de Melanie e Scarlett jura a si mesma que vai reconquistar Rhett, que, actualmente, passa a maior parte do seu tempo com Belle Watling. Scarlett regressa à sua propriedade, Tara, que é agora ocupada pela sua irmã Sue Ellen, que vive com muitas dificuldades. Depois, decide ir a Charleston falar com a mãe e amigos de Rhett. No entanto, Scarlett é incapaz de resistir a Ashley, sua antiga paixão, que está agora viúvo. Com medo de um novo escândalo na sua vida, Scarlett refugia-se na propriedade de sua mãe em Savannah, junto do seu avô Robelard, enquanto Rhett corteja uma nova namorada. Scarlett também procura reatar o contacto com os seus parentes e com o seu primo, Colum, que é padre. Parte, então, para a Irlanda, onde vai conhecer o atraente Conde de Fenton, dono da propriedade Ballyhara, a casa ancestral dos O'Hara. Scarlett compra-lhe a propriedade e torna-se assim, a chefe da família O'Hara. Mas novas infelicidades a esperam e ela vai ter que recorrer ao apoio e ao amor de Rhett para escapar à cadeia.

Selena (1997) ... inspirado em fatos reais, conta a história da cantora Selena, sua trajetória desde criança até atingir a fala, as dificuldades, aventuras, amor e seu fim trágico. Interpretada pela atriz Jennifer Lopez, um dos melhores filmes que já assistir, além de uma história emocionante.

Titanic (1997) ... já perdi as contas de quantas vezes já vi esse filme, pelos menos uma 3 vezes no cinema, 2 na tv e não sei quantas em dvd... assisti documentários sobre a história verdadeira do naufrágio do titanic e li em uma das revistas da época que o romance de Rose com Jack teria sido inspirado em uma história real. Adoro a cena que ele pinta um desenho dela, quando eles descem para a parte de baixo onde está rolando uma festa bem animada e aquela emoção final tentando se salvar.
 
Uma linda mulher (1992) ... tem filmes que você decora até as cenas e as falas, esse é um deles e pensa se passar de novo, porque não mais uma vez... Julia Roberts e Richard são perfeitos juntos. O sorriso dela e o olhar dele, demais. Ela na história, uma garota de programa, ele um rido perdido em Beverly hills, pede só uma informação e termina levando ela para o quarto do hotel. Ele convida para passar a semana com ele e eles vão viver momentos que vão mudar suas vidas.

Vingança (1990) ... o final é trágico mas adoro demais esse filme. Interpretado por Madeleine Stowe e Kevin Costner, ela, uma mulher casada com um homem bem mais velho sem ter tido opção de escolha, ele, um grande amigo de seu marido. Logo que se conhecem não conseguem conter a atração que sentiam e vivem esse amor sem imaginar as consequências que viriam em seguida.




E você o que achou da lista?! já conhece?!
E quais são seus filmes favoritos?!

Deixem seus comentários aqui...



SOBRE Lorena Caribé

Olá! Meu nome é Lorena. Amo escrever, ler, viajar , me corresponder com pessoas de várias partes do mundo. Criei esse espaço para estar compartilhando sobre o que gosto, meu cotidiano, coleções, leituras, resenhas de produtos, tutoriais, viagens e dicas em geral. CONTATO: lorena.caribe@hotmail.com

POSTS RELACIONADOS

Comente com o Facebook:

INSTAGRAM