10 livros que marcaram minha vida



Livros sempre foi uma das minhas grandes paixões. Me lembro ainda desde pequena quando ainda não sabia nem ler, gostava de ficar folheando as páginas dos livros e brincando de inventar pequenas histórias ou recontar com outras palavras aquelas que ouvia da minha mãe ou de professores. Depois vieram os livros didáticos clássicos e obrigatórios nas escolas e muitos deles ainda me lembro. Na adolescência comecei a colecionar os romances de banca, um passatempo que permanece até hoje.

Como desafio decidi escolher 10 livros que marcaram de alguma forma minha vida e comentar um pouco sobre cada um deles... a tarefa não foi fácil, porque são muitos, mas ai vai...

A viuvinha (José de Alencar) - li ainda na época da escola, é um livro bem curtinho, foi publicado em 1860, retrata os costumes da sociedade carioca durante o segundo reinado e o romance entre Jorge e Carolina. Inesquecível o final quando ela se recupera de sua doença e podem viver o seu amor (a tuberculose era comumente retratada em livros desse período e de difícil cura).

Caleidoscópio (Danielle Steel) - assisti primeiro o filme, eu tinha una 9 anos quando passou na tv, Jaclyn Smith se tornou uma das minhas atrizes favoritas. Só anos depois fui consegui ler o livro. Conta a história de três irmãs que foram separadas na infância depois da morte trágica dos seus pais e que depois se reencontram.

Giselle (Mônica de Castro) - acredito que foi o primeiro livro romance espírita que li da autora. É um romance histórico que se passa durante a inquisição. Um tema sempre interessante.

Na margem do rio Piedra... sentei e chorei (Paulo Coelho) - quem me apresentou os livros de Paulo Coelho foi uma colega de Universidade, Renata, daí então ainda não tinha lido nenhum dele (hoje já li quase todos e já adquiri recentemente Adultério, será o próximo). Nesse livro o que mais me chama a atenção é a mensagem da descoberta de si mesmo, dos seus donos e potenciais.

O diário de Anne Frank (Anne Frank) - é o relato pessoal de uma menina que passou pelos horrores da guerra e mesmo assim conseguia encontrar momentos de alegria.

O melhor de mim (Nicholas Sparks) - decidi colocar na lista um dos livros que li recentemente. Estou amando a série de filmes que estão sendo gravados das versões dos livros. Um amor do passado que a pesar do tempo e distância permanece vivo.

Olhai os lírios do Campo (Érico Veríssimo) - um outro livro que li durante a escola para fazer um trabalho. Ainda lembro de uma parte que me marcou, quando Eugênio descobre que sobre seu filho.

Nosso lar (Chico Xavier) - assisti primeiro o filme no cinema com minha mãe e só depois li o livro, claro o livro é mais detalhado. Independente de religião, indico e difundo essa história. É importante estarmos atento para nossos próprios atos, somos consequência das nossas escolhas, das nossas ações, é um alerta para o comportamento de cada um.

O pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupéry) - lembro que quem me apresentou esse livro foi uma colega de escola, e uma das minhas melhores amigas até hoje, Gleima, tínhamos 11 anos, ela me recomendou e me emprestou ele. Posso falar que não existe idade para ler esse livro.

Senhora (José de Alencar) - amo esse livro, aliás sou fã da obra de José de Alencar. Muitas partes desse livro ficam marcadas na minha mente ainda mais quando me recordo da novela Essas mulheres do canal Record que junto Lucíola e Diva formaram o conjunto de obras. Aurélia é uma moça pobre que se apaixona por Fernando, um moço que trai seu amor quando decide de casar com outra mulher por dinheiro já que sua família está em crise financeira. Sem saber que Aurélia receberia a herança do seu pai, agora rica Aurélia decide se vingar de Fernando pagando o dote e o obrigando a ser seu escravo no amor.



Deixem comentários também dos livros 
que mais lhe marcaram até agora e digam o porquê... 


Comente com o Facebook:

TUTORIAIS

[TUTORIAIS][bleft]

MEUS TEXTOS

[MEUS TEXTOS][bsummary]

FILMES

[FILMES][bsummary]

SÉRIES

[SÉRIES][twocolumns]

INSTAGRAM